quarta-feira, 15 de outubro de 2014

PONTO DE REFLEXÃO: “A mentira é uma armadilha” – não deixe que ela o domine!

PONTO DE REFLEXÃO: “A mentira é uma armadilha” – não deixe que ela o domine!



A mentira pode tornar-se um hábito, e que péssimo hábito. Alguns a justificam dizendo que temem falar a verdade porque os pais ou amigos podem se magoar, outros porque não conseguem assumir os próprios atos, seja qual for o motivo que se utilize para praticá-la, Deus não deseja que vivamos mentindo, isso o desagrada porque a mentira pode nos destruir, prejudicar relacionamentos importantes e entristecer os pais abalando a confiança (Efésios 4:25. Colossenses 3:9; Provérbios 12:19-22). Sabe quem é o pai da mentira? O diabo (João 8:44) - Logo não tem parte com Deus! O Senhor deseja que vivamos uma vida de verdade, acredite, mesmo que seus pais e amigos venham a se entristecer com alguma coisa que você tenha feito, é melhor falar a verdade, pois a mentira dura um momento (Provérbios 12:19) envergonhando aquele que a praticou.

Se você tem mentido com frequência a seus pais, confesse a Deus e peça perdão, ore a Ele pedindo coragem para falar a verdade. A confiança que os pais depositam nos filhos é muito importante e dá ampla liberdade. Alguns se enganam achando que mentir faze-os “escapar” das consequências de seus atos e com isso sentem-se “livres”, é exatamente o contrário: a mentira é uma armadilha, ela escraviza! Porque é pecado e traz todas as consequências nocivas dele, incluindo a pior delas: a morte! (Romanos 6:23).  Quem adquire esse hábito tem muita dificuldade de vencê-lo e passa a mentir constantemente, sua reputação poderá ser prejudicada e ninguém confiará mais nele.

Alguns mitos sobre a mentira:

- A mentira fará eu me livrar da disciplina dos meus pais;
- A mentira pode me fazer popular com os colegas na escola;
- A mentira é inofensiva;
- A mentira é boa, dependendo da situação;
- A mentira só é pecado se fizer mal a alguém;
- A mentira só se torna mentira quando alguém descobrir a verdade, então não fiz nada de errado se ninguém souber!
- Etc
Todos esses argumentos acima são mentiras, um engano. Sabemos que mesmo conhecendo a Jesus, somos pecadores, sujeitos a pecar e assim a mentir, mas isso não deve ser um hábito, uma prática contínua (1 João 5:18). E caso aconteça, devemos nos arrepender e confessar a Deus, pedindo seu perdão e, se preciso for, corrigir algo ou conversar com alguém, como os pais, por exemplo, (1 João 1:9; 2:1) . É a prova de nosso arrependimento: assumir nossos atos e passar a ter uma nova postura, para reconquistar a confiança, se esta foi abalada.

Leia esses textos bíblicos abaixo, reflita, pense e ore pedindo a Deus para ajudá-lo a falar a verdade, sempre.

Os lábios que dizem a verdade permanecem para sempre, mas a língua mentirosa dura apenas um instante. Provérbios 12:19

Eis o que devem fazer: Falem somente a verdade uns com os outros, e julguem retamente em seus tribunais; Zacarias 8:16

Portanto, cada um de vocês deve abandonar a mentira e falar a verdade ao seu próximo, pois todos somos membros de um mesmo corpo. Efésios 4:25

Não mintam uns aos outros, visto que vocês já se despiram do velho homem com suas práticas, e se revestiram do novo, o qual está sendo renovado em conhecimento, à imagem do seu Criador. Colossenses 3:9,10.

Cada palavra de Deus é comprovadamente pura; ele é um escudo para quem nele se refugia. Nada acrescente às palavras dele, do contrário, ele o repreenderá e mostrará que você é mentiroso. Provérbios 30:5,6.

Quem pratica a fraude não habitará no meu santuário; o mentiroso não permanecerá na minha presença. Salmos 101:7

O Senhor odeia os lábios mentirosos, mas se deleita com os que falam a verdade. Provérbios 12:22


Mas os covardes, os incrédulos, os depravados, os assassinos, os que cometem imoralidade sexual, os que praticam feitiçaria, os idólatras e todos os mentirosos — o lugar deles será no lago de fogo que arde com enxofre. Esta é a segunda morte". Apocalipse 21:8

Nenhum comentário:

Postar um comentário