quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

RESPOSTAS DO ESBOÇO – ESTUDO BÍBLICO: 1 E 2 AOS TESSALONICENSES

RESPOSTAS DO ESBOÇO – ESTUDO BÍBLICO: 1 E 2 AOS TESSALONICENSES

Então, gostou de estudar essas duas cartas? Confira agora suas respostas.



Respostas do ESBOÇO – 1 TESSALONICENSES

1) Autor: O apóstolo Paulo

2) Quando foi escrita: O ano e o lugar não podem ser determinados com segurança. Acredita-se geralmente que esta foi a primeira de todas as cartas de Paulo e que provavelmente tenha sido escrita em Corinto, 49-54 d.C.

3) Marco Histórico: Timóteo havia sido enviado por Paulo a fim de animar e fortalecer a igreja. Aquele, em seu regresso, fez um relato que aparentemente inspirou o apóstolo a escrever a carta (1 Ts 3:6).

4) Por que foi escrita: A carta foi escrita com o objetivo de: a) consolar os cristãos durante a perseguição (1 Ts 3:1-5); b) consolá-los pela perda de pessoas queridas que haviam morrido na fé (1 Ts 4:13), e pelo receio de que os tessalonicenses perdessem o prazer de testemunhar da vinda do Senhor; c) corrigir alguns que tinham cometido o erro de supor que não precisavam mais trabalhar, na expectativa da segunda vinda do Senhor (1 Ts 4:11,12).

5) Qual o seu conteúdo ( Sinopse da carta):
A carta pode ser dividida em seis partes:
I – Seção de encômio.
Capítulo 1
Saudações (v.1)
Elogio à igreja (vs 2-10)
II – Seção de reminiscências. Paulo recorda as características de seu ministério.
Capítulo 2
III – Seção do mensageiro
Capítulo 3
IV – Seção de exortação
Capítulo 4
V – Seção da esperança futura
Capítulo 4 -  A vinda do Senhor (vs 13-18)
Capítulo 5 (vs 1-11)
VI – Seção do dever
Capítulo 5 (vs 12-28)
PORÇÕES SELETAS
A segunda vinda de Cristo (4:13-5:11)
Deveres práticos (5:12-22, esta é uma passagem paralela do capítulo 12 de Romanos)

Capítulo 1
6) Com verdadeira humildade e polidez cristã, Paulo menciona aos seus colaboradores, colocando-os no mesmo nível que ele (1:1). Quais as três coisas que Paulo recomenda aos cristãos? Recomendações sobre o fazer o bem, a esperança espiritual e às boas obras – (“... a obra da vossa fé, do vosso trabalho de amor e de vossa firmeza de esperança em nosso Senhor Jesus Cristo...) - 1 Ts 1:3, comparar com 1 Co 13:13 em contraste com as primeiras palavras de Ap 2:2

7) Como Paulo pregou o Evangelho a esses cristãos? 1 Ts 1:5 - Porque o nosso evangelho não chegou a vocês somente em palavra, mas também em poder, no Espírito Santo e em plena convicção. Vocês sabem como procedemos entre vocês, em seu favor.

8) De quem eles se tornaram seguidores? 1 Ts 1:6 - De fato, vocês se tornaram nossos imitadores e do Senhor; apesar de muito sofrimento, receberam a palavra com alegria que vem do Espírito Santo. (comparar com 1 Co 11:1)

9) Como eles receberam o Evangelho? 1 Ts 1:6 – com gozo do Espírito Santo.

10) Qual era a relação deles com as outras igrejas? 1 Ts 1:7 - E, assim, tornaram-se modelo para todos os crentes que estão na Macedônia e na Acaia.

11) Qual era a relação deles com a evangelização das regiões vizinhas? 1 Ts 1:8 - Porque, partindo de vocês, propagou-se a mensagem do Senhor na Macedônia e na Acaia. Não somente isso, mas também por toda parte tornou-se conhecida a fé que vocês têm em Deus. O resultado é que não temos necessidade de dizer mais nada sobre isso,

12) Que atitude, com relação a Deus e ao pecado, assegurou a salvação deles? 1 Ts 1:9 - Pois eles mesmos relatam de que maneira vocês nos receberam, como se voltaram para Deus, deixando os ídolos a fim de servir ao Deus vivo e verdadeiro,

13) Qual a atitude deles agora?1 Ts 1:10 - esperam dos céus a seu Filho, a quem ressuscitou dos mortos: Jesus, que nos livra da ira que há de vir.

Capítulo 2
14) A que acontecimento se refere Paulo em At 16:19-40? A prisão dos apóstolos e a conversão do carcereiro.

15) O que se diz a respeito dos motivos de Paulo pregar o Evangelho? 1 Ts 2:3-6 - Pois nossa exortação não tem origem no erro nem em motivos impuros, nem temos intenção de enganá-los; pelo contrário, como homens aprovados por Deus, a ponto de nos ter sido confiado por ele o evangelho, não falamos para agradar a pessoas, mas a Deus, que prova os nossos corações. Vocês bem sabem a nossa linguagem nunca foi de bajulação nem de pretexto para ganância; Deus é testemunha. Nem buscamos reconhecimento humano, quer de vocês quer de outros.

16) O que se diz sobre sua atitude para com esses cristãos? 1 Ts 2:7-12 - Embora, como apóstolos de Cristo, pudéssemos ter sido um peso, tornamo-nos bondosos entre vocês, como uma mãe que cuida dos próprios filhos. Sentindo, assim, tanta afeição por vocês, decidimos dar-lhes não somente o evangelho de Deus, mas também a nossa própria vida, porque vocês se tornaram muito amados por nós. Irmãos, certamente vocês se lembram do nosso trabalho esgotante e da nossa fadiga; trabalhamos noite e dia para não sermos pesados a ninguém, enquanto lhes pregávamos o evangelho de Deus. Tanto vocês como Deus são testemunhas de como nos portamos de maneira santa, justa e irrepreensível entre vocês, os que creem. Pois vocês sabem que tratamos cada um como um pai trata seus filhos, exortando, consolando e dando testemunho, para que vocês vivam de maneira digna de Deus, que os chamou para o seu Reino e glória.

17) Era lícito para Paulo pedir ajuda financeira? 1 Co 9:6,14 – Sim, pois era um direito seu. (2 Ts 3:8,9).

18) Por que não a exigiu dos tessalonicenses? 1 Ts 2:6,9 – para não ser pesado à eles e dar-lhes bom exemplo (2 Ts 3:8,9).

19) Que testemunho todo verdadeiro o ministro do Evangelho deve dar? 1 Ts 2:10 - Tanto vocês como Deus são testemunhas de como nos portamos de maneira santa, justa e irrepreensível entre vocês, os que creem.

20) Como os tessalonicenses receberam o Evangelho? 1 Ts 2:13 - Também agradecemos a Deus sem cessar, pois, ao receberem de nossa parte a palavra de Deus, vocês a aceitaram não como palavra de homens, mas segundo verdadeiramente é, como palavra de Deus, que atua com eficácia em vocês, os que creem.

21) Com quem são comparados por Paulo? 1 Ts 2:14 - Porque vocês, irmãos, tornaram-se imitadores das igrejas de Deus em Cristo Jesus que estão na Judéia. Vocês sofreram da parte dos seus próprios conterrâneos as mesmas coisas que aquelas igrejas sofreram da parte dos judeus,

22) Qual era o maior pecado da nação judaica, segundo Paulo? 1 Ts 2:16 - esforçando-se para nos impedir que falemos aos gentios, e estes sejam salvos. Dessa forma, vão sempre completando a medida dos seus pecados. Sobre eles, finalmente, veio a ira. (comparar com Mt 23:13)

23) Quais eram os desejos de Paulo quando estava em Atenas? 1 Ts 2:18 Quisemos visitá-los. Eu mesmo, Paulo o quis, e não apenas uma vez, mas duas; Satanás, porém, nos impediu. (comparar com At 17:15)

24) O que será fonte de alegria no céu para o ministro do Evangelho? 1 Ts 2:19 - Pois quem é a nossa esperança, alegria ou coroa em que nos gloriamos perante o Senhor Jesus na sua vinda? Não são vocês? De fato, vocês são a nossa glória e a nossa alegria.

Capítulo 3
25) Quem se uniu a Paulo em Atenas? 1 Ts 3:1,2 – Timóteo e Silas (comparar com At 17:15)

26) Por que Paulo enviou Timóteo dali aos tessalonicenses? 1 Ts 3:2,3 - e, assim, enviamos Timóteo, nosso irmão e cooperador de Deus no evangelho de Cristo, para fortalecê-los e dar-lhes ânimo na fé, para que ninguém seja abalado por essas tribulações. Vocês sabem muito bem que fomos designados para isso.

27) O que eles deveriam esperar, segundo Paulo? 1 Ts 3:4 - Quando estávamos com vocês, já lhes dizíamos que seríamos perseguidos, o que realmente aconteceu, como vocês sabem. (comparar com At 14:22)

28) O que o apóstolo temia? 1 Ts 3:5 - Por essa razão, não suportando mais, enviei Timóteo para saber a respeito da fé que vocês têm, a fim de que o tentador não os seduzisse, tornando inútil o nosso esforço.

29) Que notícias Timóteo trouxe ao regressar? 1 Ts 3:6 - Agora, porém, Timóteo acaba de chegar da parte de vocês, dando-nos boas notícias a respeito da fé e do amor que vocês têm. Ele nos falou que vocês sempre guardam boas recordações de nós, desejando ver-nos, assim como nós queremos vê-los.

30) O que era a própria vida para o apóstolo? 1 Ts 3:8 - pois agora vivemos, visto que vocês estão firmes no Senhor.

31) Qual era o seu desejo sincero? 1 Ts 3:10 - Noite e dia com perseverança oramos para que possamos vê-los pessoalmente e suprir o que falta à sua fé.

32) A sua oração? 1 Ts 3:11,12 - Que o próprio Deus, nosso Pai, e nosso Senhor Jesus preparem o nosso caminho até vocês. Que o Senhor faça crescer e transbordar o amor que vocês têm uns para com os outros e para com todos, a exemplo do nosso amor por vocês.

33) A oração do versículo 12 era importante? Sim, por causa do amor.  João 13:34,35; Romanos 13:9; 1 Coríntios 13:13; Gálatas 5:6

34) O que seria a consumação do amor deles? 1 Ts 3:13 - Que ele fortaleça os seus corações para serem irrepreensíveis em santidade diante de nosso Deus e Pai, na vinda de nosso Senhor Jesus com todos os seus santos.

Capítulo 4
35) Os tessalonicenses são advertidos por Paulo contra que tipo de pecado muito comum entre os gentios? 1 Ts 4:1-7 - Quanto ao mais, irmãos, já os instruímos acerca de como viver a fim de agradar a Deus e, de fato, assim vocês estão procedendo. Agora lhes pedimos e exortamos no Senhor Jesus que cresçam nisso cada vez mais. Pois vocês conhecem os mandamentos que lhes demos pela autoridade do Senhor Jesus. A vontade de Deus é que vocês sejam santificados: abstenham-se da imoralidade sexual. Cada um saiba controlar o próprio corpo de maneira santa e honrosa,
não com a paixão de desejo desenfreado, como os pagãos que desconhecem a Deus. Neste assunto, ninguém prejudique a seu irmão nem dele se aproveite. O Senhor castigará todas essas práticas, como já lhes dissemos e asseguramos. Porque Deus não nos chamou para a impureza, mas para a santidade.

36) O que diz Paulo acerca de sua autoridade?  Ts 4:8 - Portanto, aquele que rejeita estas coisas não está rejeitando o homem, mas a Deus, que lhes dá o seu Espírito Santo.

37) Por qual poder exerce a autoridade? 1 Ts 4:8 – pelo poder do Espírito Santo  (comparar com At 15:28)

38) Qual verdade evidente todo cristão deve conhecer, como filhos de Deus? 1 Ts 4:9 - Quanto ao amor fraternal, não precisamos escrever-lhes, pois vocês mesmos já foram ensinados por Deus a se amarem uns aos outros. (comparar com 1 João 3:18)

39) A que ordem se refere Paulo no versículo 11? 2 Ts 3:10 - Quando ainda estávamos com vocês, nós lhes ordenamos isto: se alguém não quiser trabalhar, também não coma.

39.1) Quais os dois motivos dessa ordem? 1 Ts 4:12 - a fim de que andem decentemente aos olhos dos que são de fora e não dependam de ninguém.

40) Onde Paulo aprendeu as verdades expostas nos versículos 13-18? 1 Ts 4:15pela Palavra do Senhor

Capítulo 5
41) Como virá o dia do Senhor para o incrédulo? 1 Ts 5:1-3 - irmãos, quanto aos tempos e épocas, não precisamos escrever-lhes, pois vocês mesmos sabem perfeitamente que o dia do Senhor virá como ladrão à noite. Quando disserem: "Paz e segurança", então, de repente, a destruição virá sobre eles, como dores à mulher grávida; e de modo nenhum escaparão.

42) E para o cristão? 1 Ts 5:4 - Mas vocês, irmãos, não estão nas trevas, para que esse dia os surpreenda como ladrão.

43) Apesar de não sabermos a hora exata da vinda do Senhor, saberemos quando estiver próxima? Mateus 24:32

44) Com o que Paulo compara o estado pecaminoso do mundo? 1 Ts 5:7 - Portanto, não durmamos como os demais, mas estejamos atentos e sejamos sóbrios; pois os que dormem, dormem de noite, e os que se embriagam, embriagam-se de noite.

45) Qual é a relação entre o versículo 9 e o ensinamento de que a Igreja passará pela tribulação? 1 Ts 5:9 - Porque Deus não nos destinou para a ira, mas para recebermos a salvação por meio de nosso Senhor Jesus Cristo.

46) Qual deve ser a atitude do cristão com os seus obreiros espirituais (ministros)? 1 Ts 5:12,13 - Agora lhes pedimos, irmãos, que tenham consideração para com os que se esforçam no trabalho entre vocês, que os lideram no Senhor e os aconselham.
Tenham-nos na mais alta estima, com amor, por causa do trabalho deles. Vivam em paz uns com os outros
.

47) Que advertência é dada àqueles que possam estar dispostos a reprimir as manifestações genuínas do Espírito Santo? 1 Ts 5:19 - Não apaguem o Espírito.

48) Que advertência é feita aos que exaltam as manifestações acima da pregação da Palavra? 1 Ts 5:20 - Não tratem com desprezo as profecias. Não devemos desprezar as profecias, mas devemos ter o cuidado para não deixarmos à Palavra de Deus de lado, nada substitui a Palavra de Deus. Profecias não substituem a Bíblia!

49) Qual deve ser a nossa atitude com as mensagens em línguas e as profecias? 1 Ts 5:21 - ponham à prova todas as coisas e fiquem com o que é bom.

50) Qual é o plano perfeito de Deus para todos os cristãos? 1 Ts 5:23 - Que o próprio Deus da paz os santifique inteiramente. Que todo o espírito, alma e corpo de vocês seja conservado irrepreensível na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.

51) Quando essa obra será terminada? 1 Ts 5:23 -  na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. (comparar com Filipenses 3:21; 1 João 3:2)

52) O que torna possível o cumprimento da oração pronunciada no versículo 23? 1 Ts 5:24 - Aquele que os chama é fiel, e fará isso.

Respostas do ESBOÇO – 2 TESSALONICENSES

1) Autor: O apóstolo Paulo

2) Quando foi escrita: Provavelmente em Corinto pouco depois da primeira carta.

3) Marco Histórico: É evidente que certas expressões da primeira carta de Paulo a esta igreja haviam sido mal interpretadas. Quando se referiu à incerteza do dia da vinda de Cristo, suas palavras haviam sido entendidas como se houvesse ensinado que o dia do Senhor estava perto.  Esse mal entendido resultou numa desnecessária comoção. Os convertidos estavam perturbados e alarmados (2 Ts 2:2). Tinham pontos de vista errados acerca da proximidade da vinda do Senhor, que transtornaram suas vidas. Alguns acreditam, de acordo com os versículos 2 e 3 do capítulo 2, que uma carta falsa, recebida pela igreja, havia agravado o problema, mas isto não passa de conjecturas. Não há dúvida de que a carta de Paulo foi escrita para ajudar a estabelecer esta confundida e preocupada igreja.

4) Por que foi escrita: A carta foi escrita com o objetivo de: a) consolar os cristãos durante um novo surto de perseguições (2 Ts 1:4); b) corrigir a falsa doutrina de que o dia do Senhor já teria vindo (2 Ts 2:1), pois as severas perseguições haviam ocasionado em alguns a ideia de que já havia começado a grande tribulação; c) censurar aqueles que se comportavam desordenadamente (2 Ts 3:6).

5) Qual o seu conteúdo ( Sinopse da carta)
A carta pode ser dividida em três partes:
Capítulo 1
a) Saudações e ações de graças (vs 1-3)
b) Palavras de consolo à igreja perseguida (vs 4-6)
c) Há um grande contraste entre o destino glorioso dos crentes na vinda de Cristo, e o destino dos ímpios não arrependidos (vs 7-12).

Capítulo 2
a) Advertências contra o desassossego causado por pontos de vista errados acerca da vida do Senhor (vs 1-2)
b) O anúncio dos acontecimentos que ocorrerão antes do advento (vs 3-17)
c) Um afetuoso chamado aos crentes que haviam desfrutado dos grandes privilégios do evangelho para que retenham a boa doutrina (vs 13-15)
d) Uma bênção consoladora (vs 16,17).

Capítulo 3
a) A confiança do apóstolo na igreja (vs 1-6)
b) O exemplo do apóstolo (vs 7-10)
c) Admoestações finais (vs 11-14)
d) Bênção e saudação (vs 6-18)

6) Como Paulo se refere à igreja perseguida? Com palavras de consolo (2 Ts 1:4-6)

7) Qual contraste Paulo apresenta? O grande contraste entre o destino glorioso dos crentes na vinda de Cristo, e o destino dos ímpios não arrependidos (2 Ts 1:7-12).

8) Por que Paulo faz advertências? Devido o desassossego causado por pontos de vista errados acerca da vinda do Senhor (2 Ts 2:1,2).

9) Qual afetuoso chamado ele faz aos crentes? Para que retenham a boa doutrina (2 Ts 2:13-15)

10) O que Paulo anuncia sobre os acontecimentos que ocorrerão antes do advento? (2 Ts 2:3-17) - A vinda de uma apostasia (2 Ts 2:3); a auto-exaltação do homem do pecado (2 Ts 2: 3,4); o iníquo se manifestará em seu devido tempo, acompanhado por sinais e prodígios mentirosos (2 Ts 2:5-9); este iníquo será destruído na vinda de Cristo (2 Ts 2:8); os ímpios serão enganados (2 Ts 2:10-12).

11) Como Paulo demonstra sua confiança na Igreja?(2 Ts 3:1-6) - Ele pede oração (2 Ts 3:1-2); Crê que eles serão guardados do mal e permanecerão obedientes às suas instruções (2 Ts 3:3-4); Ele ordena que esperem pacientemente a vinda de Cristo e que se separem dos irmãos que andam desordenadamente (2 Ts 3:5-6).

12) Qual o exemplo apostólico? De viver ordenadamente (2 Ts 3:7); manter-se com seus próprios recursos, a fim de dar bom exemplo (2 Ts 3:8-9); De insistir para que os crentes trabalhem (2 Ts 3:10)

13) Sobre o que são as suas admoestações finais? Acerca dos preguiçosos e dos intrometidos (2 Ts 3:11,12); Acerca do trabalho persistente e do desobediente obstinado (2 Ts 3:13,14).


Consultas: Bíblia Thompson (Vida); BEP (CPAD); Através da Bíblia de M.Pearlman (Vida)

Nenhum comentário:

Postar um comentário