terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

E quando o namoro termina...


E quando o namoro termina...

O final de um relacionamento é sempre doloroso, a sensação é de que a dor nunca vai passar e o pior de tudo, a gente se sente um fracasso, sempre pensa que errou ou deixou de fazer alguma coisa. Tem a fase da culpa, da deprê (isolamento), do “mulambo” (sentir-se jogado fora, inútil), da revolta e por fim, o tempo passa e vem a fase do “aff”, nessa fase você ri de si mesmo e se pergunta como pôde ser tão bobo(a)!

Ninguém tem a “solução mágica” para sumir de uma hora pra outra com a dor de um final de namoro, até porque não acreditamos mesmo em magia ;), o melhor é manter-se com os pés no chão e enfrentar a dura realidade...bom, algumas sugestões podem ser úteis para ajudar a lidar quando o namoro termina, confira:

1. Não procure fazer com que ele(a)  mude de ideia. Quanto mais procurar reconquistá-lo(a), mas a pessoa se afastará de você.

2. Aceite esta experiência dolorosa como parte do grande plano que seu Pai Celeste tem para sua vida. Acredite, tem coisas que você não consegue ver, mas Deus sabe de tudo, do futuro e do íntimo das pessoas.

3. Se você se sentiu ofendido(a) por seu(sua) namorado(a), perdoe-o(a). Se você o(a) ofendeu, peça perdão. Se houve intimidade física entre vocês no namoro, o perdão é extremamente importante.

4. Cuidado para não se envolver logo de cara em outro namoro logo após ter desmanchado o anterior. Você sentirá solidão, desilusão e desapontamento. Estes sentimentos poderão deixar você vulnerável para sentir forte necessidade de ter um “alguém”. Às vezes isso acontece por um forte desejo de vingança. Não faça nada movido(a) por raiva ou carência afetiva.

5. Não se afaste de sua vida social, no início tem a fase de isolamento, mas mantenha suas amizades mais próximas, não caia na armadilha da auto-piedade. Não deixe de ir à igreja, continue indo para as reuniões de grupo, saia com os amigos, com seus pais. Movimente-se!

6. Ah, não vá ficar falando do(a) seu(sua) ex toda vez que uma pessoa se aproximar de você, ok?

7. Tenha alguém de confiança, de preferência os pais, para você desabafar, abrir seu coração e orar juntos. Se houver dificuldade em falar com os pais, algum de seus líderes pode ajudar nessa aproximação, pois a ajuda de seus pais será muito importante nesse momento. Não fique com raiva quando lhe aconselharem, eles querem seu bem. Esforça-te!

8. Não alimente seus pensamentos, sonhos e fantasias do passado. Para poder ser
curado(a) emocionalmente dessa situação angustiante, você precisa reprogramar seus pensamentos e  sentimentos. 

9. Reflita! Sim, pense bem se sua idade agora é realmente apropriada para investir no namoro. Lidar com isso requer maturidade e certa estabilidade, se um relacionamento te isolava dos amigos, prejudicava seus estudos e/ou sua vida com Deus, ou trazia qualquer desequilíbrio em sua vida e relacionamentos, isso significa que você ainda não está preparado(a) para o namoro. O cristão pensa e age diferente do mundo, reveja suas prioridades, invista em você e em sua vida com Deus. Seja sincero(a) consigo mesmo(a)!

10. Valorize-se! Não vá nessa de ficar terminando e voltando várias vezes. Isso só lhe trará mais sofrimento e prejuízos emocionais. Você é especial, e deve ser valorizado(a) como filho(a) de Deus que você é! Não caia nessa de “ficar” com o(a) ex sempre que ele(a) desejar. ACORDE!

11. Procure conforto emocional e espiritual através de amigos que conheçam a Cristo e, especialmente através da Palavra de Deus e da oração.

12. Nada de dar uma de investigador(a) – Eh, sei que no início é quase irresistível aquela olhada no Facebook dele(a), perguntar aos amigos sobre a pessoa, andar investigando a vida do outro...isso só lhe trará mais angústias, e dificultará sua cura emocional. Seja firme!

13. O tempo é importante – Dê tempo ao tempo! Mesmo vocês tendo acabado o namoro numa boa e tenham decidido serem amigos, é bom afastar-se um pouco, dar um tempo para você mesmo(a) será importante para esquecer e superar.

14. Lembre-se: Deus está mais interessado com quem você vai namorar e casar, do que você mesmo. Entregue essa área de sua vida para Deus! Não namore só porque se sente sozinho ou porque os outros namoram. Tudo tem seu tempo, Deus com certeza sabe qual é o tempo melhor e correto para você!

15. Olhe para frente! Olhe para Jesus!

16. Seja paciente consigo mesmo(a). Você sairá dessa!


Agrada-te do Senhor e Ele satisfará aos desejos do teu coração. Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nEle e o mais Ele fará. Salmos 37:4

Nenhum comentário:

Postar um comentário