segunda-feira, 5 de agosto de 2013

"Quebra-Gelos" 1

Quebra-gelos 1

Quebra-gelos são rápidas dinâmicas que têm como objetivo descontrair o grupo, interação ou divertir. Elas são práticas e rápidas que servem para serem utilizadas no início das atividades nas reuniões de grupo, célula, classes de ebd etc.

1) “Por que?”

Esta é uma boa dinâmica para "quebrar o gelo", acalmar o clima e rir um pouco antes de iniciar qualquer atividade. Você pode relacioná-la ou não com o tema a ser discutido no dia, mas esta dinâmica não foi feita para utilizá-la necessariamente em uma aplicação, mas apenas para se divertir!

Instruções:
Dê a todos do grupo um lápis e um cartão. Peça-lhes para escrever uma pergunta cuja frase começa com: "Por que? ...” Depois que todos escreverem suas perguntas, recolha os cartões.
Em seguida, faça o mesmo procedimento, só que agora, peça que todos escrevam em outro cartão, as respostas das perguntas que fizeram, começando suas resposta com: "Porque ..." . Após todos escreverem suas respostas, recolha os cartões.
Quando todos tiverem escrito suas perguntas e respostas nos respectivos cartões em separado e você tê-los recolhidos, agora os distribua entre todos de forma aleatória e, em seguida, peça para cada um ler suas perguntas e respostas que receberam.  Você verá que o resultado será bem divertido!

2) “Pega e leva”

Este “quebra-gelo” é mais apropriado para locais com bastante espaço.
A dinâmica consiste em dividir a turma em dois grupos, que devem se posicionar um em frente do outro.  

Instruções:
Para cada participante você dirá o nome de um animal o qual não deve dizer a ninguém o nome que recebeu.
Assim, diga para cada um dos componentes de cada um dos lados, os mesmos nomes e na mesma quantidade. Exemplo: para dois componentes de ambos os lados, diga-lhes o nome canguru, para três de cada um dos lados diga leão, apenas para um de cada lado diga nomes diferentes não repetidos, em um lado um macaco, no outro, um pato, e para o restante (o maior número de pessoas) dos dois lados dê o nome “urso”.

Explique que você colocará bombons no centro e que aqueles que você chamar, devem ir ao centro rapidamente e pegar um bombom e voltar logo para seu lado. Assim você dirá: “Canguru!” e quem tiver recebido esse nome, corre ao centro pega um bombom e volta para seu lado rapidamente. Assim você dirá, em cada vez, o nome dos animais que passou a eles. Após dizer cada um dos nomes, diga finalmente o nome “urso”, então a maioria deles irá ao centro pegar bombons.

3)  “Doce surpresa”

Compartilhar doces no encontro de adolescentes nunca é desperdício. Sempre vai trazer muito dinamismo e alegria entre eles.
Você pode utilizar os doces de várias formas:

1) “recepção”  – pegue-os de surpresa com uma recepção calorosa, ponha alguém na porta com uma cesta de bombons ou chocolates e recepcione a cada um com um doce.

2) “trocando bombons” – ponha em cada assento um doce com um bilhete e nele escrito o seguinte: “dê esse bombom para alguém do grupo com quem você não conversa muito e dê boas-vindas a essa pessoa”, à medida que eles forem chegando, antes de tomarem assento, verão os bombons e os bilhetes junto e devem trocar bombons uns com os outros, de preferência com aqueles com quem têm menos afinidade no grupo.

3) “quem ler, ganha” – durante o estudo bíblico, leve um cartaz com as referências bíblicas que você utilizará e peça que eles participem lendo as referências para auxiliarem no estudo, à medida que forem estudando os pontos do estudo, aqueles que encontrarem a referência bíblia e lerem, ganham um bombom (não comente antes que aquele que ler ganhará um bombom, simplesmente entregue naturalmente àqueles que forem lendo). Assim, todos ficarão animados para participar, aquele que encontrar primeiro deve ler, quando aquele que encontrar começar primeiro a fazer a leitura, os demais se calam. Ganha quem conseguir encontrar primeiro e ler. Você pode surpreendê-los pedindo outras referências que não estão anotadas no cartaz do estudo! Para não distrair a atenção deles com a ansiedade pelas leituras, as referências bíblicas que forem lidas, devem ser bem debatidas e comentadas com eles.
Você é criativo e pode encontrar outras formas de utilizar doces nas reuniões, é sempre animador e alegra muito a todos eles.


4) “A melhor resposta!”

Que tal começar a reunião de adolescentes com um bom bate-papo? Neste “quebra-gelo” você dará oportunidade para os adolescentes falarem, se expressarem, demonstrarem seus pontos de vista e criatividade...
Prepare várias questões especiais e criativas para começar a aula ou pequeno grupo, isso vai ajudar a quebrar o gelo e conhecer melhor os adolescentes. Então, a resposta mais interessante, criativa ou história mais engraçada você dará um prêmio.

Alguns exemplos:
- Quem já “pagou mico” na escola? O que aconteceu?
- Quem sabe o que é sonambulismo? Alguém aqui é/foi sonâmbulo? Já aconteceu alguma coisa com você?
- O que você faria se fosse invisível?
- Se você pudesse ser um personagem do Antigo Testamento, quem você seria? Mudaria alguma coisa na história do personagem?
- Se você pudesse mudar uma coisa em sua igreja, o que seria?
- Você já insistiu em comprar uma roupa que ficou pequena ou grande demais em você? O que aconteceu?
...

E assim invente as perguntas mais engraçadas e interessantes que você puder e comece de forma diferente os seus encontros de adolescentes com todos eles batendo um bom papo!

5) “Qual o significado!”

Esta é uma dinâmica para pequenos grupos, células ou pequenas classes de ebd.

Instruções:
Você deve saber com antecedência os nomes das pessoas que participam do grupo ou classe.

Pesquisar na internet ou em um livro de nomes de bebês o SIGINICADO dos nomes dos adolescentes de seu grupo ou sua classe. Por exemplo: Sergio, que significa “o guardião”. Magali, que significa “bonita como pérola”.

Em casa, prepare a atividade, escreva os nomes usando folhas tamanho A4, como se fossem fichas grandes (pode usar pedaços de cartolinas ou papel cartão). Nas folhas brancas ponha o nome dos alunos/membros do grupo, e em outras folhas amarelas ponha o significado dos nomes. Cada nome em um pedaço de folha, assim também cada significado.  

Exemplo: SERGIO (escrito em uma folha branca) e o seu significado “O GUARDIÃO” (escrito em uma folha amarela) Faça isso com todos os nomes e seus significados e leve tudo pronto para se encontrar com os adolescentes.

Com essa dinâmica todos eles vão interagir e se conhecer melhor, além de uma ótima distração inicial para “quebra-gelo”. Espalhe todas as folhas sobre uma mesa ou no chão e dê um curto espaço de tempo para encontrarem todos os nomes em conjunto com o seu significado correspondente.

Você pode, se quiser, ter um saco de guloseimas para dar prêmio a quem atingir a meta dentro do prazo.

6) “Chuva de abraços”

Pode parecer estranho, mas há muitos adolescentes que dificilmente são abraçados em família e até por amigos.
Na igreja em si deve encontrá-los. Existem várias maneiras criativas e intencionais de fazer com que todos venham interagir melhor e ter um acolhimento que não conseguem noutro local.
Neste “quebra-gelo” podemos ter uma excelente oportunidade para isso.

 Instruções:
Por exemplo, ao ritmo de uma boa música peça que todos se movimentem, ora em círculos e ora espalhados. Quando a música parar, cada um deve abraçar aquele que estiver mais próximo. Quando a música voltar, eles devem se espalhar novamente e assim proceder igualmente da mesma forma quando a música parar, abraçar o mais próximo.  
Então, quando você disser: “Chuva de abraço!” Todos devem rapidamente abraçar o máximo de pessoas que puderem, antes que a música volte a tocar novamente.

Repita a atividade umas 3 ou 4 vezes, dependendo do interesse da turma.

7) “Nossa história”

Esse “quebra-gelo é bastante divertido e desperta a criatividade dos adolescentes.

Instruções:
Diga para que todo o grupo forme um circulo, ao centro da sala ponha uma caixa com vários objetos - por exemplo: óculos, batedor de ovos, chapéu, penico, peruca, meia, sapato, escova de dente, dentadura, peça de roupa etc.

Peça para cada um deles ir até a caixa e pegar um objeto, não devem escolher, simplesmente pegarem o primeiro que verem. Depois que todos tiverem seus objetos em mãos, devem voltar para o círculo, agora, eles devem trocar seus objetos com o colega do lado (escolha qual lado).

O quebra-gelo consiste no seguinte: agora que cada um está com um objeto na mão, você pegará também um objeto e começará uma “história”, e assim, cada um deles deve continuar a história utilizando o objeto e o nome do colega com quem trocaram o objeto, até encerrar com o último do círculo.

- outras opções para esse quebra-gelo é: 1) no final da história, pedir que todos guardem seus objetos e fazer o desafio de quem consegue lembrar o objeto do maior número de pessoas do círculo; 2) você ao invés de fazer com todos juntos, pode dividir em dois grupos e aquele que criar a melhor história leva um prêmio;

8) “Encontre o outro”

Esse quebra-gelo visa entrosamento.

Instruções:
Selecione várias gravuras diferentes e divida cada gravura ou desenho em dois pedaços. Verifique as quantidades para que todas as pessoas que estiverem na reunião possam receber um pedaço de uma gravura. Quando todos tiverem recebido seus pedaços de papel, terão alguns segundos para descobrirem seu par, que é aquele que tem a outra metade do seu desenho ou gravura. A pessoa que tiver a outra metade formará um par com ele, para juntos responderem a atividade após o estudo bíblico ou lição.

9) “Quem escreve mais!”

Esse “quebra-gelo” visa à interação e ao entrosamento.

Instruções:
Divida a turma em dois grupos, ou três, dependendo da quantidade de pessoas. Dê a cada grupo um pincel atômico e uma cartolina. Explique para os grupos que eles terão 1 minuto para escreverem o maior número de personagens bíblicos em ordem alfabética, eles devem formar uma lista de nomes, em ordem alfabética. O grupo que conseguir, ao final do tempo, escrever o maior número de nomes leva o prêmio.

- você pode variar: com maior numero de nomes com uma determinada letra, nomes de mulheres da bíblia, ou nome de homens, nome de reis, de juízes, cidades, dos milagres de Jesus, parábolas etc.

10) “Desenho todos de um!”

Para descontrair e desenvolver a criatividade e unidade do grupo.

Instruções:

Peça ao grupo que formem um círculo. Entregue um lápis e uma folha para cada pessoa. Todos devem assinar seu nome na folha que receberam. Em seguida, peça que comecem um desenho na mesma folha que assinaram. Ao seu sinal, todos devem passar a folha para a pessoa ao lado (escolha um dos sentidos, horário ou anti-horário para eles passarem as folhas) e cada um que recebeu a folha deve continuar o desenho que o primeiro começou. Assim sucessivamente, cada vez que você der o sinal para que passem a folha, eles terão que passar para o colega e continuar o desenho na folha que receberam. Finda quando todos receberem de volta a folha que assinaram. 

4 comentários:

  1. Olá, boa tarde. Sou professor e como uma pessoa bastante engajada na área da educação, acho bastante interessante e dinâmica essas brincadeiras quebra-gelo. Além de eles descontraírem os alunos, quebrando literalmente o gelo entre os colegas, ela também proporciona diversão e interatividade entre eles. Gostei bastante da primeira brincadeira. Ela deve ser divertidíssima.
    Métodos pedagógicos assim que fazem a diferença na vida de um aluno, pois ajudam os indivíduos se soltarem nas uniões estudantis.
    Parabéns pela publicação e sucesso!

    ResponderExcluir