quarta-feira, 21 de agosto de 2013

"Dando uma Força!" (Dicas para o Ministério de Adolescentes) - Parte 1


“DaNdO uMa FoRçA”
(Dicas para o Ministério de Adolescentes) - Parte 1 (1-20)

Umas das coisas que mais priorizo nos cursos que tenho ministrado é orientar aos líderes de adolescentes a fazerem e não simplesmente dar-lhes tudo feito. Acredito no potencial das pessoas; às vezes o que elas precisam é apenas de um norte, um direcionamento, são perfeitamente capazes de elas mesmas produzirem seus projetos e atividades para seus ministérios. Aqui segue a primeira parte de algumas dicas que você pode desenvolvê-las, enriquecê-las para utilizar em seu ministério de adolescentes. Compartilhe também conosco suas ideias pelo e-mail ministério.c.adolescentes@gmail.com, com sua permissão podemos utilizá-las no blog que é de todos nós, e assim servirmos a mais líderes.

1 - Tire fotos (ou filmes), das atividades de seu grupo de adolescentes. Coloque-as em um boletim ou em um mural do ministério na igreja. Eles mesmos podem produzir esse material.

2 – Elabore (junto com os adoles) um projeto de um informativo mensal ou trimestral. Um pequeno jornal; divida as funções entre os adolescentes, faça apenas a revisão, se  preciso for.

3 - Use muito e-mail. Envie cartões de aniversário e notas pessoais de encorajamento para cada adolescente. Envie cartões postais e informativos dos trabalhos periodicamente.

4 - Use pesquisas e levantamentos para descobrir o que os jovens pensam regularmente.

5 - Compartilhe e estimule a ter comunhão com outros ministros e adolescentes. Organizar reuniões periódicas para compartilhar ideias. Isto pode fornecer grandes recursos para você.

6 – Reúna seu grupo numa sala adequada ao tamanho dele. Se pequeno grupo, sala menor, se grande, sala maior. O tamanho adequado faz com que os adolescentes se sintam mais bem recebidos. Certifique-se de que o local é confortável e com bom cenário.

7 – Utilize quebra-gelos em suas reuniões. Veja alguns aqui

8 – Disponibilize um telefone ou secretária eletrônica para seu grupo de adolescentes. Instale uma linha para que a máquina através de anúncios seja um centro de informação do ministério. As pessoas podem ligar a qualquer hora e receber informações sobre os próximos eventos e atividades realizadas. Os pais vão apreciar isso.

9- Você também pode criar um blog, onde a cada semana disponha anúncios sobre o ministério. Ou, ainda, criar um perfil do seu grupo no Facebook e acrescentar os pais deles como amigos. Estimule os pais a utilizarem a internet. No informativo (ideia 2) vocês podem também disponibilizarem o calendário das atividades do ministério e distribuir para os pais, muitos deles reclamam que não sabem da programação do ministério de adolescentes, com isso não haverá mais desculpas.

10 – Faça socialização daquilo que foi ensinado nas reuniões. Dê aos adolescentes a oportunidade de refletir sobre o que aprenderam. Eles poderão escrever ou mesmo representar em mine peças. Com suas principais conclusões e aplicações do assunto.

11 - Nunca ignore uma distração durante uma reunião. Quando uma distração acontecer, observe sem constranger e veja rapidamente uma maneira de recuperar a atenção do grupo. Tenha bom humor!

12 - Convida os adolescentes de seu grupo para juntos fazerem um anuário. Com fotografias e artigos que incluem todas as atividades do ano. Isto irá fornecer uma boa memória dos eventos compartilhados do grupo. E estimular outros para participar no ano seguinte.
           
13 - Preparem uma boa descrição do manual do seu trabalho e siga-o. Tenha planejamento. Não improvise!

14 – Vez por outra trabalhe com outros grupos junto com os seu. Isso é muito bom. Convite outras congregações para participar da reunião. Faça um dia especial com uma reunião temática mensalmente.

15 - Estabelecer uma árvore de telefone para ajudar a espalhar a agenda de eventos e a palavra ensinada do dia. Se você chamar dez adolescentes, esses dez podem se comunicar com outros dez e assim sucessivamente alcançar a todos, quem sabe até colegas não crentes para envolvê-los nos trabalhos convidando-os. O contato pessoal é sempre mais eficaz que por e-mail.

16 - Se a sua igreja não tem uma boa biblioteca, inicie uma. Faça grupos de leitura e debate mensalmente.

17 – Estimule os adolescentes a escolherem um adulto de confiança para serem seu companheiro de oração e quem sabe patrocinador. Muitos adolescentes têm pais que não são convertidos e precisam de ajuda, aconselhamento, acompanhamento e até uma espécie de “padrinho” para ajudá-los nos custos de eventos, atividades, acampamentos etc. Você pode fazer o Projeto ADOTE: Ajude – Doando seu tempo e recursos – Orando – Transmitindo – Esperança em Cristo.

18 - Reunir-se regularmente com o seu grupo de voluntários e patrocinadores para a formação, oração e comunhão.

19 – Procure chegar mais cedo nas atividades de grupo, para saudar os adolescentes enquanto chegam. No final dos cultos procure também saudar os pais deles.

20 - Desenvolver programas que reflitam as necessidades dos adolescentes, não priorize o entretenimento, atente para os interesses e nível de energia de seu grupo.

No próximo mês estaremos postando mais dicas fornecendo recursos que podem ajudá-lo, você pode implementá-las de acordo com as necessidades e realidades de seu grupo.

Fonte: Adaptados dos recursos de Villanueva.


4 comentários:

  1. Maravilhoso poder contar com essas equipe de profissionais.Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Que Deus abençoe pelo cuidado e carinho em compartilhar idéias tão valiosas

    ResponderExcluir
  3. obrigado material bom...parabéns

    ResponderExcluir