quinta-feira, 29 de setembro de 2011

"R I A !" = Recados - Informações - Avisos do Blog

 Recados 
 Informações 
 Avisos do Blog para vocês!


Você pode deixar seu recado e também colaborar com sugestões, ideias, compartilhar materiais etc. Caso exista alguma temática ou material que você deseja e procura para seu ministério com os adolescentes e não encontrou no blog, entre em contato conosco para que possamos ajudar você!  Escreva no espaço comentário abaixo ou envie seu e-mail para ministério.c.adolescentes@gmail.com



 

terça-feira, 27 de setembro de 2011

ILUSTRAÇÃO: "Flores traiçoeiras!"

“FLORES TRAIÇOEIRAS!”

“ Voltai a sobriedade, e não pequeis...” 2 Co 15:34a

 “ Portanto, vigiai porque não sabeis quando virá (...) se ele vier inesperadamente, não vos encontre dormindo.” Mt 13:35,36

No Himalaia, segundo testemunho do ilustre Sadu Sundar Singh¹, há um lugar em que existem lindas flores, mas quem se demorar na região onde elas vicejam e lhes aspirar o perfume, dormirá fatalmente e pode até morrer. Para evitar que isso aconteça, os homens do lugar, quando querem atravessar a região, o fazem cheirando outra erva, cujo perfume anula o poder narcótico das flores relatadas acima.
No início, pensava-se que as flores fossem venenosas. No entanto, verificou-se depois o que realmente acontecia. Na verdade, as pessoas que elas faziam adormecer não morriam propriamente pela ação de algum tóxico, mas sim porque o sono mórbido ou letargia que provocavam com seu odor, durava um período muito longo, fazendo assim, a vítima perecer de inanição!
O ensino que se pode tirar desse fenômeno natural, Singh resume assim: Há coisas, à primeira vista, muitos boas no mundo que, em si mesmas, não são aparentemente um mal, porém são suscetíveis de adormecerem as forças espirituais que levam o homem à procura da comunhão com Deus.
Contudo, assim como os naturais da Índia encontraram outra flor cujo perfume os impedia de cair no sono mortal, de idêntica maneira, o crente em Cristo encontra na oração e na Palavra de Deus, o elemento que neutraliza a influência deletéria das atrações mundanas inebriantes e fantasiosas!

“No começo, a tentação parece teia de aranha, mas, no seu fim, parece um cordame de carroça!” (Talmude)
“Não raro as planícies verdejantes ocultam a presença de traiçoeiros répteis!” (C.L.Wallis)

Reflexão com o grupo:
O que aparentemente no mundo parece ser inofensivo, mas aos poucos, com as adesões e suas práticas nos podem levar ao mórbido sono espiritual?
Discuta com os adolescentes sobre os “invisíveis” inebriantes e alienadores efeitos de coisas coloridas e atraentes no mundo que, embora muitas vezes possa não parecer prejudicial, pode prejudicar a vida espiritual e comunhão daquele que serve a Deus, provocando, por exemplo: inanição espiritual, fastio pela Palavra de Deus, desinteresse pela oração, desânimo para congregar-se, distanciamento do grupo da igreja, dúvidas sobre a fé e existência de Deus etc.
 Em tempos de “nada a ver”, o que se vê é o nada!  O que você pensa sobre isso?
__________________________________________________
 ¹ Sadu Sundar Singh – missionário cristão indiano...
Adaptação de Ilustrações da coletânea para todas as horas, Juerp.

II Timóteo 2:22

PONTOS PARA REFLEXÃO - Baseados em II Timóteo 2:22

üQuando/Por que FUGIR é a atitude mais inteligente em relação às paixões e desejos juvenis?

üE...em contrapartida, a que outra AÇÃO nos remete? Por que? Com quem especificamente?

sábado, 24 de setembro de 2011

DEVOCIONAL: Salmos 128


"R I A !" = Recados - Informações - Avisos do Blog



Nesse marcador postaremos nossos Recados – Informações – Avisos do Blog para vocês!


Você pode deixar seu recado no espaço comentário abaixo...


 RECADO: Em 25/09/11 - Agradecemos à todos que participaram da enquete anterior sobre o assunto para postagem de setembro, a temática mais votada foi Adolescência e Evangelização. Informo a todos que estamos trabalhando nesse poster para atendê-los com todo carinho. Aguardem, abraço, Janaína


domingo, 18 de setembro de 2011

Adolescência & Ansiedade!

ADOLESCÊNCIA & ANSIEDADE

Na adolescência, idade de mudanças significativas e decisões que definirão muitas situações futuras, a ansiedade é inevitável. Saber lidar com as preocupações, inquietações e solicitude da vida é fundamental para evitar problemas físicos, emocionais e psíquicos. 
Informações cada vez mais rápidas, apelo extremo ao consumo, exigência por aparência perfeita, relacionamentos cada vez mais superficiais, ter, querer, desejar, inversão de valores...enfim, uma série de fatores que só aumentam a ansiedade. Como identificamos na prática?
Inquietar-se pela vida e futuro tipo:
Será que vou encontrar alguém que me ama de verdade?
Todo mundo está namorando e eu não...
Que profissão devo escolher? Será que me trará muito dinheiro?
Como será minha vida?  Meu futuro?
Serei aceito pelos outros?
Quando vou ter minha vida e sair de casa?
O que vai ser de minha vida amanhã?
Não há nada de errado em preocupar-se com a vida, fazer essas indagações é natural na adolescência. A questão é como lidamos com essas preocupações e o quanto elas ocupam do nosso tempo. Isso tira sua paz e muda sua rotina de vida? Deprime-se por causa dessas coisas?

Compreender que nossa vida e futuro estão nas mãos de Deus nos traz a segurança de que, ao entregarmos nossas vidas a Ele, teremos sua direção e cuidados permanentes. Ninguém mais que nosso Pai celeste se preocupa com nossa vida e futuro. Por isso, entrega teu caminho ao Senhor; confia nele, e Ele tudo fará. “Descansa no Senhor e espera nEle...” Sl 37:5;7.
Demais preocupações como:
Será que vou comer amanhã?
O que vou vestir? E se não puder me vestir como os outros?
Por que não posso ter tudo que quero pra mim?
Por que meus amigos têm e eu não tenho isso ou aquilo?
Por que não nasci assim? Por que não sou do jeito tal ou qual?
Se não for pra tal lugar ou fazer o que todos fazem minha vida é sem graça!
Você se preocupa muito com o que vai vestir por causa dos outros? Andar como todo mundo anda e vestir o que todo mundo veste é extremamente importante pra você? Você desvaloriza uma pessoa só pelo modo como ela se veste apenas porque não está “na moda”?
Suas respostas a essas perguntas refletirão os seus valores e o modo como encara a vida. Isso demonstrará até que ponto a ansiedade tem domínio sobre você.
O que Jesus nos ensinou sobre ansiedade e necessidades na vida?
Ensinou que a nossa vida é mais do que o comer, o vestir e o ter... nos mostrou que valores espirituais são mais importantes que valores materiais/terrenos e que a vida é o bem mais precioso que Deus nos deu.
Quando valorizamos mais as coisas para sermos aceitos pelos outros, ou quando menosprezamos os outros por não seguirem um padrão socioeconômico ou físico que é exigido por todos, desconhecemos os valores de Jesus.
“Não andeis inquietos pelo que vais comer, beber ou vestir.” Mateus 6:25;31. Não deixe que essas preocupações sejam a prioridade em sua vida. Faça sua parte com equilíbrio: estude, trabalhe, se esforce, mas aprenda a depender de Deus para cuidar de sua vida e necessidades. “... por que Ele tem cuidado de vós!” I Pedro 5:7
Não deixe que as preocupações e inquietações da vida tirem sua paz, ou prejudique o relacionamento com seus pais, irmãos e amigos, não deixe que isso afete sua saúde física e emocional, nem abale sua confiança em Deus.
Conforme Mateus 6:32, quem vive ansioso pelo que vai comer, beber ou vestir são aqueles que não conhecem a Deus. Como você conhece a Deus, então não se perturba com isso, afinal de contas, teu Deus sabe do que você precisa, crês nisto? Não temas o dia de amanhã...viva o hoje, o agora, viva com Deus e para Deus! Mateus 6:34. Entregue seus cuidados ao Senhor...
Você já viu um passarinho em liberdade morrer de fome?
Ora, se nosso Pai celeste cuida das aves, quanto mais de ti, não vales mais que elas? Mateus 6:25b.
Nesses meses, tenho ouvido e visto que muitos dos adolescentes nas igrejas estão ocupando suas vidas com ansiedades e valores equivocados e fúteis, a consequência disso são adolescentes desanimados das coisas espirituais, vivendo em conflito com os pais e amigos e em extrema ociosidade.
Qual seria a opção para viver melhor? Como sua vida pode tomar outro rumo que faça você ver um sentido e passe a viver diferente?
Jesus ensinou isso também:
“Buscai primeiro o Reino de Deus e a sua justiça...” Mateus 6:33. Valorize as coisas de Deus acima das coisas terrenas, ocupe-se com a obra de Deus E V A N G E L I Z A N D O, levando Cristo aos outros, discipulando, ajudando na libertação dos oprimidos pelo inimigo etc. Eh, você adolescente, sim, você pode fazer isso. Busque conhecer mais a Deus, andar como lhe agrada e fazer a vontade dele, tenha como prioridade em sua vida fazer a vontade do Pai. Você terá assim novos valores, uma nova visão da vida, se sentirá feliz e realizado.
Que tal, vamos priorizar o Reino de Deus? Buscar viver como lhe agrada? Vamos levar esperança e as novas de vida eterna para os outros? Vamos fazer o bem? ( I Pe 3:11 ).Vamos ajuntar tesouros no céu? (Mt 6:20).
E quanto as suas necessidades, como fazer? Leve-as com ações de graças a Deus e a paz que excede todo o entendimento guardará a tua mente e o teu coração em Cristo Jesus! Fp 4:6,7.
Então, aceita o desafio? Monte um grupo em sua escola ou faculdade, crie um jornalzinho ou filmes evangelísticos, veja como pode usar as redes sociais para levar Jesus aos outros, seja voluntário em instituições que precisam de ajuda, ore pelas almas e obra missionária, se interesse pela igreja perseguida no mundo, pesquise sobre intercâmbios missionários, ande sempre com folhetos e aproveite as oportunidades... você é embaixador da parte de Cristo, Ele te deu o ministério da reconciliação ( 2 Co 5:18-20) sua prioridade é o Reino de Deus!
Viva sem ansiedades!
Viva com Cristo e para Cristo!

Priorize o Reino de Deus!

Dinâmica: Jo 15:8!

DINÂMICA: “Pelos frutos, conhecemos a árvore!” João 15:8
Você pode utilizar essa dinâmica após fazer um estudo sobre “Conhecendo a árvore pelos seus frutos!” baseados nos textos bíblicos de: João 15; Mateus 7:16 ao 21 e Gálatas 5:22 ao 25.

COMO FAZER:
Faça duas árvores, você pode escolher qualquer material que desejar, geralmente uso cartolinas e papel madeira. Ponha nelas frutos, que podem ser chocolates, cole-os nas árvores e junto de cada fruto uma folhinha onde estará escrito sobre aquele fruto, se é ruim ou é bom.
Quando os alunos já tiverem escolhido e “colhido” cada um o seu “fruto”, devem ler o que está escrito sobre ele, então o adolescente dirá se aquele é um bom fruto ou um fruto ruim; se for bom, ele pode ficar com o chocolate e dividir o fruto bom com as pessoas em sua volta, mas se for um fruto ruim, deve ser lançado fora.
Ponha um lixeiro no meio da sala para eles lançarem fora os frutos ruins. Devem também ser lançados fora aqueles em que estiverem escrito “Não produz fruto nenhum!”.
Sempre que faço essa dinâmica tenho ótimos resultados na reflexão com os adolescentes, alguns têm dificuldades em jogar fora o chocolate, e até querem pegar depois da dinâmica, mas você deve interagir à medida que observa cada reação, mostre como os frutos ruins às vezes são difíceis de ser deixados, e que precisa de uma renúncia, de esforço, e disciplina, exatamente pela consciência de que aquilo que se pratica não trará bons resultados para vida deles.
Reflexão:
Cristo é quem produz em nós os bons frutos, quanto mais mantemos comunhão e intimidade com Ele, mas dele refletiremos. O modo de pensar, falar, agir, sentir, enfim, em todas as áreas de nossas vidas devemos refletir a Jesus. Somos enxertados em Cristo e dele nos alimentamos, para sua glória e louvor damos testemunho daquilo que cremos! Que frutos você tem produzido em seus relacionamentos e sua maneira de viver?
Como andam seus pensamentos?
Suas palavras são agradáveis e edificam os outros?
Você é honesto no tratar com as pessoas?
Sua palavra é confiável?
Como lida com seus pais?
Sabe escolher boas amizades?
E o que você tem visto e ouvido? como anda sua visão e audição?
etc

Você pode utilizar em seu estudo o quadro ilustrado “Pelo fruto, conhecemos a árvore!” João 15:8, faça um cartaz grande ou use o datashow  para expor na sala e peça que eles leiam as referências expondo depois o que compreenderam, discutam sobre os ensinamentos dos textos bíblicos e suas aplicações na vida prática cristã. Veja o quadro ilustrado em  http://ministerio-c-adolescentes.blogspot.com/2011/09/pelo-fruto-conhecemos-arvore-joao-158.html

OBS.: Você também pode utilizar essa dinâmica para evangelizar, refletindo sobre a nova vida em Cristo - o que muda quando somos "enxertados nEle?!"


terça-feira, 13 de setembro de 2011

As 3 Fases da Adolescência...

Vacinação na ADOLESCÊNCIA!

Você sabia que os pré-adolescentes e adolescentes também têm seu calendário de vacinação?

Nem sempre ouvimos a divulgação, por isso é bom ficar atento a imunização na adolescência!


Veja abaixo as informações do site do Ministério da Saúde.

CALENDÁRIO DE VACINAÇÃO DO ADOLESCENTE


Nota: Mantida a nomenclatura do Programa Nacional de Imunização e inserida a nomenclatura segundo a Resolução de Diretoria Colegiada – RDC nº 61 de 25 de agosto de 2008 – Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA

Orientações importantes para a vacinação do adolescente


(1)  vacina hepatite B (recombinante): Administrar em adolescentes não vacinados ou sem comprovante de vacinação anterior, seguindo o esquema de três doses (0, 1 e 6) com intervalo de um mês entre a primeira e a segunda dose e de seis meses entre a primeira e a terceira dose. Aqueles com esquema incompleto, completar o esquema. A vacina é indicada para gestantes não vacinadas e que apresentem sorologia negativa para o vírus da hepatite B a após o primeiro trimestre de gestação.

(2)
  vacina adsorvida difteria e tétano - dT (Dupla tipo adulto):
Adolescente sem vacinação anteriormente ou sem comprovação de três doses da vacina, seguir o esquema de três doses. O intervalo entre as doses é de 60 dias e no mínimo de 30 (trinta) dias. Os vacinados anteriormente com 3 (três) doses das vacinas DTP, DT ou dT, administrar reforço, a cada dez anos após a data da última dose.  Em caso de gravidez e ferimentos graves antecipar a dose de reforço sendo a última dose administrada há mais de 5 (cinco) anos. A mesma deve ser administrada pelo menos 20 dias antes da data provável do parto. Diante de um caso suspeito de difteria, avaliar a situação vacinal dos comunicantes. Para os não vacinados, iniciar esquema de três doses. Nos comunicantes com esquema de vacinação incompleto, este dever completado. Nos comunicantes vacinados que receberam a última dose há mais de 5 (cinco) anos, deve-se antecipar o reforço.


(3)  vacina febre amarela (atenuada): Indicada 1 (uma) dose  aos residentes ou viajantes para as seguintes áreas com recomendação da vacina: estados do Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Distrito Federal e Minas Gerais e alguns municípios dos estados do Piauí, Bahia, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Para informações sobre os municípios destes estados, buscar as Unidades de Saúde dos mesmos. No momento da vacinação considerar a situação epidemiológica da doença. Para os viajantes que se deslocarem para os países em situação epidemiológica de risco, buscar informações sobre administração da vacina nas embaixadas dos respectivos países a que se destinam ou na Secretaria de Vigilância em Saúde do Estado.  Administrar a vacina 10 (dez) dias antes da data da viagem. Administrar dose de reforço, a cada dez anos após a data da última dose.
Precaução: A vacina é contra indicada para gestante e mulheres que estejam amamentando. Nestes casos buscar orientação médica do risco epidemiológico e da indicação da vacina. 


(4)  vacina sarampo, caxumba e rubéola – SCR: considerar vacinado o adolescente que comprovar o esquema de duas doses. Em caso de apresentar comprovação de apenas uma dose, administrar a segunda dose. O intervalo entre as doses é de 30 dias.

Seção Especial - ADOLESCÊNCIA!

Nessa seção especial mensal estaremos postando informações a respeito da adolescência, acompanhe ...


A Adolescência    
        Etimologicamente a palavra adolescência vem do latim adolescere, que significa “crescer”.
      Sinteticamente   Adolescência é uma transição no desenvolvimento entre a infância e a vida adulta que impõe grandes mudanças físicas, cognitivas e psicossociais inter-relacionadas.

    O termo adolescência é relativamente novo, é na verdade uma construção social, antes do século XX não existia esse conceito; nas culturas ocidentais, as crianças entravam na fase adulta quando amadureciam fisicamente ou quando começavam o aprendizado profissional.
    A ideia popular e difundida de juventude não começou antes da Primeira Guerra Mundial e foi resultante de três mudanças significativas: 1) as leis de educação que ordenaram a idade de frequência escolar das crianças; 2) as leis sobre o trabalho infantil que passaram a impedir o trabalho de adolescentes em tempo integral e; 3) leis que passaram a distinguir adolescentes e adultos quanto à delinquência juvenil.
    Anterior a essas mudanças, a adolescência não existia em nossa sociedade, assim como não existe ainda em muitas culturas hoje. Nas sociedades modernas industriais, a passagem da infância para a vida adulta não é marcada por um único evento, como ocorre em sociedades e grupos que definem a mudança com ritos de passagem, mas é marcada por um longo período conhecido como adolescência – uma transição no desenvolvimento que começa por volta dos dez ou doze anos, ou até menos que isso, e vai até os dezoito ou dezenove anos, podendo ser estendida até os 21 anos. Esse desenvolvimento acarreta importantes alterações que têm como começo em sua definição a chamada puberdade, processo pelo qual o indivíduo atinge a maturidade sexual e a capacidade de reprodução.
    Segundo especialistas em desenvolvimento humano, a puberdade começa com um drástico aumento da produção de hormônios relacionados ao sexo e ocorre em dois estágios: adrenarca, a maturação das glândulas adrenais, seguida, depois de alguns anos, pela gonadarca, a maturação dos órgãos sexuais e o aparecimento de alterações púberes mais óbvias.
    As mudanças biológicas da puberdade, que sinalizam o fim da infância, incluem o rápido crescimento em altura e peso, mudança nas proposições e na forma do corpo, e a maturidade sexual. Essas dramáticas alterações físicas fazem parte de um longo e complexo processo de maturação que começa antes do nascimento, e suas implicações psicológicas continuam até a vida adulta.
    As alterações físicas durante a puberdade, tanto em meninos quanto em meninas, incluem o desenvolvimento de pelos púbicos, voz com tonalidade mais grave, surto do crescimento adolescente e crescimento muscular. A maturação dos órgãos reprodutores traz o começo da menstruação nas meninas e a produção de esperma nos meninos. Essas mudanças se desdobram numa sequencia que é muito mais consistente do que o tempo de sua ocorrência, embora haja algumas variações.
    Uma menina pode desenvolver os seios e pelos do corpo no mesmo ritmo; já em outra garota, os pelos corporais poderão atingir a condição adulta um ano antes do desenvolvimento dos seios. Variações semelhantes ocorrem entre os meninos, significa então que varia de pessoa a pessoa em seu grau de desenvolvimento. Observemos essas mudanças mais detalhadamente nas tabelas de Papalia, Olds e Feldman, abaixo:

TABELA 1 – SEQUENCIA TÍPICA DAS MUDANÇAS FISIOLÓGICAS NA ADOLESCÊNCIA



CARACTERES FEMININOS
IDADE DA PRIMEIRA OCORRÊNCIA
Crescimento dos seios
6 – 13
Crescimentos de pelos púbicos
6 – 14
Crescimento corporal
9,5 – 14,5
Menarca
10 – 16,5
Aparecimento de pelos nas axilas
Cerca de 2 anos após o aparecimento de pelos púbicos
Aumento de secreção nas glândulas que produzem óleo e suor (podendo resultar em acne)
Aproximadamente na mesma época em que aparecem os pelos axilares.



CARACTERES MASCULINOS
     IDADE DA PRIMEIRA OCORRÊNCIA
Crescimento dos testículos e do saco escrotal
9 – 13,5
Crescimentos de pelo púbico
12 – 16
Crescimento corporal
10,5 – 16
Crescimento do pênis, da próstata e das vesículas seminais.
11 – 14,5
Mudança na voz
Aproximadamente na mesma época do crescimento do pênis
Primeira ejaculação de sêmen
Aproximadamente um ano após o começo do crescimento do pênis
Aparecimento de pelos faciais e axilares
Aproximadamente dois anos após o aparecimento de pelos púbicos
Aumento de secreção nas glândulas que produzem óleo e suor (podendo resultar em acne)
Aproximadamente na mesma época em que aparecem os pelos axilares.

TABELA 2 – CARACTERES SEXUAIS SECUNDÁRIOS


MENINAS
MENINOS
Seios
Pelos púbicos
Pelos púbicos
Pelos axilares
Pelos axilares
Desenvolvimento muscular
Mudança na voz
Pelos faciais
Mudanças na pele
Mudanças na voz
Crescimento de pelve em largura e profundidade
Mudança na pele
Desenvolvimento muscular
Alargamento dos ombros


    Há uma variação de cerca de sete anos para o início da puberdade entre meninos e de oito anos entre as meninas. O processo costuma durar aproximadamente quatro anos em ambos os sexos, chegando a começar até três anos antes nas meninas.

Puberdade Feminina


  Ilustração do site psicologia do desenvolvimento


Puberdade Masculina 

    Ilustração do site psicologia do desenvolvimento
    Os caracteres sexuais primários são alterações biológicas que envolvem diretamente os órgãos necessários à reprodução. Na menina esses órgãos são os ovários, tuba uterina, útero e vagina; no menino, são testículos, pênis, saco escrotal, vesículas seminais e próstata. Durante a puberdade, esses órgãos aumentam de tamanho e amadurecem. Nos meninos, o primeiro sinal da puberdade é o crescimento dos testículos e do saco escrotal, já nas meninas, o desenvolvimento dos caracteres sexuais primários não é propriamente visível, pois esses órgãos são internos.
    Os caracteres sexuais secundários são sinais fisiológicos da maturação sexual que envolvem diretamente os órgãos sexuais: por exemplo, os seios das meninas e os ombros largos dos meninos. Outros caracteres sexuais secundários são as alterações de voz e a textura da pele, o desenvolvimento muscular e o crescimento de pelos púbicos, faciais, axilares e corporais.
    Conhecer o desenvolvimento integral do adolescente é de suma importância para aqueles que lidam com essa faixa etária, além disso, os próprios adolescentes precisam também ser instruídos a respeito de como as mudanças e transformações ocorrem nessa fase e como se conhecer é importantíssimo para se aceitar e aprender lidar com suas limitações e dificuldades.
    Em nosso próximo pôster, falaremos sobre o cérebro do adolescente, aguardem!
    

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

REUNIÃO TEMÁTICA: "TÁ LIMPO?!"

PROGRAMA PARA REUNIÃO TEMÁTICA COM ADOLESCENTES
TEMA: SANTIFICAÇÃO





“Tá Limpo?!”



Vocês já estão limpos pela palavra que tenho dado a vocês!”
                                                       (João 15:3)

Vamos limpar nossa vida cristã da desunião, do comodismo, do desânimo, da tristeza e de práticas e pensamentos que desagradam a Deus?!!

OBJETIVO: Fazer um programa para os adolescentes com o objetivo de tratar do tema da santificação, pode ser numa reunião de adolescentes, numa social com eles após um culto ou em outra oportunidade que desejar.
- faça convites para reunião e distribua para os adolescentes.
Sugestão:







                    












DESENVOLVIMENTO:
- selecione uma moça e um rapaz para fazer a recepção dos adolescentes, eles estarão vestidos como se fossem fazer uma faxina, avental, tocas etc.
- à medida que os adolescentes forem chegando, os recepcionistas entregam a cada um deles um cartão com um desenho de produto ou objeto de limpeza. Eles devem procurar entre os participantes seu par, alguém que tenha um desenho igual ao seu. Os 10 primeiros pares que forem formados e se apresentarem ao líder, ganham um prêmio.
- ornamente a sala com produtos e equipamentos/objetos de limpeza: sabão em barra, sabão em pó, detergente, desinfetante, escova, vassoura, rodo, pá, baldes, panos de chão, panos de prato, palha de aço, varal com roupas etc. Pode ser também com desenhos ou feitos de folha EVA ou outro material que desejar.
- distribua pela sala cartazes com versículos referentes ao ideal de uma vida limpa, à santificação, linguagem e pensamentos agradáveis, boas ações etc. (os versículos podem ser colocados junto aos objetos ou desenhos)
- ponha as cadeiras em forma de círculo, para deixar um espaço para as dinâmicas ao centro.
- se quiser, distribua um lanche no final e separe uns prêmios.
- Dê boas-vindas e explique o objetivo da reunião, reflita um pouco sobre João 15:3, interaja com eles...

DINÂMICAS

“CORRE DA POEIRA”
- Ressalta sobre que tipo de “poeira” pode atrapalhar nosso relacionamento com Deus e com o próximo.
Todos devem ir ao círculo, os pares que se formaram no início devem ficar juntos, uma pessoa deve ficar no centro do círculo com um espanador na mão. Solta uma música e todos andam em círculo, quando a música parar o dirigente grita: “Espane!” Nesta hora todos devem mudar de par e aquele que ficou no centro sozinho deve pegar um par para si, o que sobrar fica com o espanador no centro. Após fazer umas três vezes, encerre a dinâmica perguntando sobre o que devemos “espanar” de nossos relacionamentos, interaja com eles e peça que voltem a sentar em círculos.

 “ PASSA O BALDE”
- Ressalta sobre  que tipo de atitudes podem manchar nosso testemunho cristão.
Todos em círculos sentados ou em fileira, à medida que a música tocar, devem passar o balde que estará com vários papéis dentro dele, atenção! Não devem “derramar” os papéis quando passarem o balde de um para o outro, quando a música parar, a pessoa deve tirar um papel e ler qual prenda deverá cumprir, depois corre o balde com a música normalmente, mas devem saltar aqueles que já foram pegos.
Sugestões de prendas:
- ensinar para todos como se lava roupas (com avental, sabão e uma roupa), explica e diz como se lava roupas (não precisa ter água)
- dar três dicas de como podemos conservar uma vida sem palavrões.
- dizer quais os tipos de sujeiras que devemos evitar em nossos relacionamentos com os irmãos na igreja.
- citar o que pode “sujar” nossa visão e prejudicar nossos pensamentos.

“ ROUPAS NO VARAL”
- Ressalta sobre a união, trabalhar em equipe. Servir a Deus juntos, cada um fazendo sua parte pelo bem de todos.
Divida dois grupos de 6 pessoas. Eles ficarão de frente a um varal que deve ser estendido com antecedência. Do lado do grupo um balde com várias peças de roupas. Quando o sinal tocar, cada componente por ordem pega uma peça de roupa e corre para estender no varal, se a roupa cair, volta de novo e estende, quando estender a roupa corre de volta e toca no próximo companheiro que deve fazer o mesmo, até que todos tenham estendido as peças de roupas. O grupo que fizer em menos tempo é o vencedor.

TEIA DE ARANHA”
- Ressalta que em nossas vidas podemos nos deparar com situações, sugestões, tentações que podem nos enrolar como as teias de aranha. Devemos discernir, identificar e nos livrar delas com a Palavra de Deus.
Dois casais participam desta dinâmica, um de cada grupo. O rapaz pega um rolo de barbante e fica distante da moça, esta deve estar com os olhos vendados no outro lado do salão, com o barbante estirado ela deve enrolá-lo até se aproximar do rapaz, no caminho haverá alguns obstáculos e neles um tema que ela deve tirar as “teias” que podem prender. Ponha papéis nos obstáculos com os nomes:
Namoro
Influência de colegas não crentes
Escola
Internet
TV
Pais
Líderes
Comunhão com os irmãos

À medida que ela encontrar o papel com o nome destacado, deve dizer quais obstáculos podem ser iguais a “teias de aranha” atrapalhando os relacionamentos e dizer como vencer, até que ela consiga chegar ao rapaz com a ponta do barbante amarrado a uma bíblia.
..................................................................................................................................
- encerre com uma confraternização entre eles, com um corinho que ressalte a comunhão com Deus e com os irmãos, ofereça um lanche.