quarta-feira, 24 de agosto de 2011

ILUSTRAÇÃO: "Substituição dos quadros!"

“SUBSTITUIÇÃO DE QUADROS!”
“Porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não vêm do Pai, mas do mundo.” (I João 2:16)
Conta-se que certo jovem – que vivia num lar extremamente piedoso – deixou a sua pequena cidade para matricular-se num importante centro universitário. Decorrido algum tempo, no fim do ano letivo, sua mãe com muitas saudades foi visitá-lo e observou com muita tristeza que seu querido filho, influenciado pelo hábito tradicional dos colegas naquele centro, fixara nas paredes de seu quarto, vários cartazes de estampas obscenas, pôsteres de artistas seminuas em poses eróticas etc.
Pensando que uma censura seria ineficaz no momento, diante do imenso afeto que o filho lhe dedicara durante sua visita, constrangida, ela preferiu silenciar...
Voltando para a cidade, decepcionada e pensativa, a mãe carinhosa, incontinenti, procurou um renomado ateliê fotográfico, no qual tirou seu retrato em tamanho grande pondo em uma moldura primorosa e enviou-lhe ao seu querido filho, junto com uma dedicatória afetuosa, solicitando-lhe que pendurasse aquela moldura em seu quarto.
Poucos meses depois, aquela mãe devotada visitou novamente seu filho, e teve uma satisfação ao perceber que todas aquelas estampas e pôsteres indecentes haviam sido tirados do quarto de seu filho! A mãe teve ânimo de perguntar ao filho os motivos que o levaram àquele procedimento, ele sem hesitar respondeu:
- Mãe, quando fui colocar o seu retrato em meu quarto, cheguei à conclusão de que os demais cartazes e pôsteres que havia nele não poderiam permanecer ao lado de uma figura tão especial e venerável como a senhora! Tive que arrancá-los da parede e jogá-los no lixo, deliberação que me proporcionou uma indescritível alegria!
Adaptação da ilustração de Robert G. Lee in Ilustração para todas as horas. Moysés M. Oliveira. Juerp, 1989.
REFLEXÃO:
Na verdade, “uma sala cheia de quadros é uma sala cheia de pensamentos!” Mas, perguntamos: serão todos eles puros, sublimes, inspirativos e compatíveis com os elevados ideais cristãos?
Nesse contexto, uma lenda narrada por Lachambeaudie diz: “tendo perdido a roupa, a Inocência procurou em vão encontrá-la no Prazer, na Fortuna e no Poder. Quem lha restituiu? Foi o arrependimento!”
“Uma fonte perene de alegria em nossa vida é a certeza de que Deus nos permite começar tudo de novo!” (W.Wade)
Com efeito, muitas vezes, a repreensão de pronto pode ser incongruente para juventude de nossos dias, vaidosa e arrogante; todavia, se o preceptor souber com sabedoria colocar habilmente Cristo no coração dos jovens, tudo se modificará. E as imagens lúbricas tendem a desaparecer, substituídas pelos inefáveis sinais de santificação – “sem a qual ninguém verá o Senhor!” (Hebreus 12:14)

 DISCUSSÃO: Após a apresentação da ilustração aos adolescentes, você pode usar a referência bíblica acima e as citações apresentadas para discutir a temática: “Dize-me com que te ocupas, e eu direi quem és!” (Goeth).
Infelizmente hoje em dia, muitos “quadros” estão sendo utilizados pelos juvenis como “normais”, mas será que eles estão condizentes com a Palavra de Deus? Muitos adolescentes apegam-se à personagens, ídolos e literaturas que envolvem ocultismos, vícios, ócio, consumismo, hedonismo e outras influências perniciosas. Discuta sobre isso com o grupo, ouça-os, desperte a consciência cristã crítica para que tenham discernimento e não vivam alienados.
Outras referências Bíblicas que você pode utilizar:
Romanos 12:1,2
Mateus 6:22,23

Pergunta: Existe algum "quadro" que você precisa substituir em sua vida?!

Nenhum comentário:

Postar um comentário